Visa bate US$1 bilhão gastos em criptomoedas com seus cartões no primeiro semestre

A Visa, gigante dos serviços financeiros, revelou que mais de US$1 bilhão em criptomoedas foi gasto com seus cartões no primeiro semestre de 2021.

A empresa, portanto, se  associou a mais de 50 empresas relacionadas à criptomoeda, incluindo as bolsas FTX e Coinbase, para permitir que seus clientes convertam e paguem com ativos digitais em mais de 70 milhões de comércios em todo o mundo.

“Os comerciantes não precisam mudar nada. Será o mesmo que qualquer outra transação Visa para eles. Os ativos criptográficos são instantaneamente convertidos em fiduciários”, disse Cuy Sheffield, chefe de criptomoeda da Visa.

Visa e criptomoedas crescendo

Além disso, Sheffield acrescentou que há um número crescente de consumidores negociando e segurando criptomoedas. 

“Então, você tem milhões de comerciantes que não entendem realmente de criptografia”, disse ele. “Eles não querem ter que atualizar seus pontos de vendas e terminais e descobrir o que é um blockchain.”

Em declarações à CNBC, o CFO da Visa, Vasant Prabhu, disse que a empresa pretende “criar um ecossistema que torne a criptomoeda mais utilizável e parecida com qualquer outra moeda”.

A mudança

No final de março, a Visa anunciou que permitiria transações liquidadas com USD Coin em sua rede de pagamento. Um piloto lançado no início do mês viu o aplicativo de negociação, Crypto.com, enviar uma transação USDC para o endereço Ethereum da Visa no banco de ativos digitais Anchorage.

No entanto, a Visa não tem planos de seguir empresas como a Tesla e a MicroStrategy comprando Bitcoin para seus próprios cofres corporativos. 

“Não mantemos criptomoedas em nosso balanço hoje”, disse Prabhu, acrescentando que a empresa detém moedas que “recebemos ou pagamos às pessoas”, como o dólar, a libra ou o euro. 

“Portanto, não temos planos de reter criptomoedas porque não é normalmente a forma como somos pagos ou a forma como pagamos às pessoas.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.