Criptomoedas foram os primeiros investimentos de 45% dos jovens britânicos, revela pesquisa

Uma recente  pesquisa conduzida pela Opinium para a plataforma de investimento Interactive Investor revelou que 45% dos jovens de 18 a 29 anos no Reino Unido investem no mercado de criptomoedas, com destaque para a compra de bitcoin e dogecoin.

De todos os ativos digitais, o bitcoin é de longe o mais popular entre os jovens, cerca de 20% deles investiram nele. Curiosamente, a “moeda meme” – Dogecoin – também é uma das criptomoedas mais preferidas.

No entanto, 56% dos participantes admitiram que contraíram dívidas para realizar suas compras de bitcoin. 23% dos entrevistados utilizaram o cartão de crédito para alocar recursos na criptomoeda, enquanto 17% foram para empréstimos estudantis. Outros 16% contrataram algum outro tipo de empréstimo.

Myron Jobson – um ativista de finanças pessoais da Interactive Investor – descreveu essa porcentagem como angustiante:

“Os jovens adultos que usam cartões de crédito, empréstimos estudantis e outras formas de dívida para investir são uma tendência preocupante.”

Ele alertou os jovens de que a enorme dívida poderia prejudicar sua pontuação de crédito e, “portanto, causar obstáculos financeiros mais tarde na vida”.

Falando em período de longo prazo, 20% revelaram que guardariam suas economias em dinheiro estatal ao longo de um período de 10 anos. As criptomoedas ficaram em segundo lugar com 16%, enquanto o investimento em ações ficou em terceiro com 14%.

Maior interesse em criptomoedas

Os britânicos parecem ter aumentado seu interesse em criptomoedas. A pesquisa revelou que cerca de 78% dos adultos já ouviram falar de ativos digitais. Além disso, com os novos dados, estima-se que cerca de 2,3 milhões de indivíduos possuem ou já possuíram criptomoedas em algum momento.

É importante notar que a maneira como os residentes do Reino Unido pensam sobre os cripto-ativos também mudou drasticamente. Eles não veem mais as criptomoedas como ativos especulativos, mas sim como uma opção de investimento sério ou alternativa aos investimentos tradicionais.

Curiosamente, o número de investidores que verificam seus saldos diariamente aumentou para 29% – mais do que o dobro de 13% em 2020. No geral, a maioria dos britânicos está otimista no longo prazo e planejam aumentar sua exposição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.