Novas entradas de Bitcoin perto da máxima histórica, analistas anunciam ‘atividade positiva das baleias’

O apetite pelo BTC é real nos níveis atuais, mostram os dados, com os ursos precisando pesquisar muito por uma métrica on-chain que não seja positiva.

A atividade on-chain do Bitcoin (BTC) está “morta”, mas os indicadores estão extremamente positivos agora, diz o analista William Clemente.

Na última edição dos boletins semanais de Anthony Pompliano, Clemente destacou várias métricas que não mostram nenhuma razão para ser pessimista sobre o Bitcoin neste mês.

50.000 novas entidades Bitcoin todos os dias

Com a ação do preço do BTC não impressionando, não faltam perspectivas pessimistas para o Bitcoin, mesmo com seus modelos de preços mais conhecidos sendo criticados.

Se os dados on-chain servirem de referência, argumenta Clemente, a situação está longe de ser pessimista.

“O crescimento de novos usuários está agora atingindo novas máximas históricas, mais de 50.000 novas entidades entrando em operação por dia”, resumiu.

Gráfico de média móvel de 14 dias do crescimento líquido de entidades Bitcoin. Fonte: William Clemente / Glassnode

Essas novas entidades podem muito bem estar pressionando as reservas das exchanges, que retomaram sua tendência de baixa – só na semana passada, quase 18.000 BTC deixaram as carteiras das exchanges.

“O varejo vem comprando pesadamente há semanas, mas finalmente conseguimos o aumento das baleias que estávamos esperando”, continuou o boletim.

“Houve 17 novas baleias nascidas na blockchain esta semana, enquanto, ao mesmo tempo, as posses totais de baleias aumentou em 65.429 BTC.”

Como reportado pelo Cointelegraph, as baleias já foram notícia por outros motivos esta semana, com um aumento gigante de posições vendidas na bolsa Bitfinex instigando uma queda de preço que perdeu o suporte de US$ 33.000 importante do BTC/USD.

Em contraste, de forma mais ampla, Clemente vê a atividade atual como um “aumento na atividade positiva das baleias”.

Não importa o tempo lento dos blocos

Em outros lugares, o motivo para otimismo vem de um prêmio decrescente no Grayscale Bitcoin Trust (GBTC), apesar dos eventos de desbloqueio iminentes.

A taxa de hash também não voltou a desafiar as baixas recentes de 83 exahashes por segundo (EH/s), deixando apenas os números de transação para se preocupar.

Gráfico da taxa de hash média do Bitcoin em 7 dias. Fonte: Blockchain

“De modo geral, a atividade na rede está morta, conforme demonstrado pelo número de transações de Bitcoin”, reconheceu Clemente.

Mesmo aqui, entretanto, há uma ressalva.

“Se eu tivesse que construir um caso baixista e desafiar minha própria opinião, este é um dos gráficos que eu usaria; no entanto, uma parte dessa redução é provavelmente de pessoas que usam menos a rede Bitcoin devido aos tempos de bloco mais lentos”, ele raciocinou .

Gráfico de média móvel de 14 dias do número de transações de Bitcoin. Fonte: William Clemente / Glassnode

Desde 2019, não aparece uma janela de compra tão clara. Negocie mais de 400 pares de criptomoedas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.