Bitcoin se mantém acima de US$ 31K depois que Bank of America dá luz verde à negociação de futuros do BTC

Pouca movimentação nos mercados de Bitcoin, enquanto negociações laterais continuam e uma clara tendência de baixa ainda está para se formar de forma decisiva.

O Bitcoin (BTC) continuou a se recuperar acima do suporte de US$ 31.000 na manhã de 16 de julho, à medida que novos dados reforçam a importância dos níveis de preços atuais.

Gráfico de 1 hora no par BTC/USD (Bitstamp). Fonte: TradingView

Sem viagem para os US$ 42,000?

Dados do Cointelegraph Markets Pro e da TradingView mostraram o par BTC / USD testando repetidamente os US$ 31.000 nesta sexta-feira. Até agora, sem cair abaixo desta marca.

Uma aproximação dos US$ 32.000 foi registrada quando surgiram relatos ainda não confirmados dando conta de que o Bank of America havia dado sinal verde para a negociação de futuros de Bitcoin.

Os participantes do mercado mantém opiniões mistas sobre as perspectivas de curto prazo. O popular trader Michaël van de Poppe observou na quinta-feira que US$ 31.000 era uma espécie de fronteira final para o Bitcoin – perdendo-a, provavelmente US$ 29.000 ou mesmo US$ 24.000 tornariam-se os próximos suportes.

O trader Crypto Ed também parece indeciso. No início da semana, ele argumentou que o Bitcoin poderia encenar um repique de choque e atingir máximas de US$ 42.000 antes de reverter para baixo mais uma vez, desafiando o suporte de US$ 30.000.

“As novas baixas do BTC estão invalidando a ideia de continuação desse salto”, escreveu ele em uma atualização. Mesmo uma queda para o índice da moeda do dólar americano (DXY), tradicionalmente inversamente correlacionado com o BTC, dificilmente ajudará os touros de forma significativa, acrescentou ele.

Atualização sobre isso ⬆️
As novas baixas do BTC estão invalidando a ideia de continuação desse salto.
Eu ainda acho que DXY terá um retrocesso, mas é duvidoso que isso mova o BTC para 42k.
Talvez não haja nenhuma jogada oculta nos gráficos e o BTC esteja terrivelmente fraco e eu estava louco pic.twitter.com/3nr65V9y4Z— Crypto_Ed_NL (@Crypto_Ed_NL) July 16, 2021

Enquanto isso, novos dados mostram uma considerável atividade on-chain ocorrendo nos níveis de preços atuais.

De acordo com dados on-chain divulgados pela Glassnode, 9,93% do estoque total de Bitcoins em circulação foi movimentado entre $ 31.000 e $ 34.300 – uma clara zona de interesse tanto para compradores quanto para vendedores.

“Esta é, de fato, a maior zona de volume realizado desde os US$ 12 mil”, comentaram analistas da empresa. 

Bitcoin UTXO realized price distribution annotated chart. Source: Glassnode/ Twitter
  • Anteriormente, o Cointelegraph observou que os US$ 30.000 constituem um nível importante nas mentes de pequenos e grandes traders do mercado, cujo comportamento mudou de uma mentalidade de “venda” para um impulso de “compra” nas últimas semanas.

Altcoins em queda

Uma olhada nas altcoins, entretanto, ressalta a falta de sentimento altista nos mercados de criptomoedas à medida que a semana chega ao fim.

A maioria dos 50 principais tokens em capitalização de mercado teve perdas maiores do que o par BTC / USD, chegando a  quedas de até 12% em meio à ausência de gatilhos de preço.

Maior altcoin do mercado, o Ether (ETH) está próximo de sua zona crucial de suporte, em torno de US$ 1.800. O início de um novo período de acumulação agora é “muito provável”, disse Van de Poppe em uma atualização no YouTube, na quinta-feira, antes do reinício da volatilidade.

O aumento da dominância do Bitcoin, atingindo 46% no dia, contribui para os problemas das altcoins.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.