O fim do reinado de Faraó – PF prende Glaidson Acássio dos Santos, dono da maior pirâmide financeira de Cabo Frio – RJ

O rei da “Nova Egito”, mais conhecida como Cabo Frio na Região dos Lagos, RJ. Foi preso pela Polícia Federal em uma mansão em Itanhangá.

A movimentação financeira realizada nas empresas fraudulentas envolvidas, segundo a Polícia Federal, era de cifras bilionárias.

O Garçom

Anteriormente à sua ascensão ao “Mundo das Criptomoedas”, Glaidson Acássio do Santos era conhecido na cidade como um simples trabalhador do comércio local, onde ganhava cerca de um salário mínimo em seu emprego como garçom.

Antes de abrir sua própria pirâmide, Glaidson já era familiarizado nesse tipo de esquema e vinha participando de outras empresas fraudulentas como consultor, ou líder. Nomenclaturas bem comuns nesse meio.

Inclusive foi lesado por uma das empresas fraudulentas mais famosas no país o Bitcoin Banco. Gladson é um dos maiores credores desse esquema fraudulento, onde a empresa curitibana deve a ele cerca de R$ 19 milhões.

O Império

Após se casar com a Venezuelana, Mirelis Yoseline Diaz Zerpa, Glaidson e sua esposa abriram a Empresa GAS Consultoria Bitcoin, onde o nome empresarial é G.A.S. Consultoria & Tecnologia Ltda, conforme consta no banco de dados da Receita Federal.

Invisíveis aos olhos da esmagadora maioria, longe de sites e redes sociais, o casal criou um império ao redor do país e até mesmo fora dele, arrecadando uma banca bilionária, onde fontes próximas ao Canal Monetizando informaram que esta banca hoje gira em torno de cerca de US$ 6 bilhões.

Há boatos na cidade inclusive que o casal adquiriu o centro comercial Porto da Barra na cidade vizinha Armação dos Búzios para utilizar o imóvel como forma de garantia para a compra de um banco físico em Portugal.

Recentemente o casal vinha praticando a abertura de diversos CNPJ’s, prática comum em esquemas de pirâmide para dificultar possíveis investigações e/ou rastreamento. Segundo a Receita Federal, esses CNPJ’s nem sempre são em nome do casal. Hora em nome de um, hora em nome de outro ou de ambos. Essas empresas somam um capital de cerca de R$ 80 milhões.

Em fevereiro de 2019, o casal fundou a G.A.S Assessoria & Consultoria Digital Eireli, em Cabo Frio (RJ). Em junho daquele ano, foi a vez da G.A.S Inovação Tecnologia Artificial Ltda e da Tronipay Soluções em Pagamentos e Cartão Ltda, ambas em Barueri (SP). Já no final de 2019, a MYD Zerpa Tecnologia Eireli, em Cabo Frio (SP), também foi criada.

A única possuidora de CNAE (Classificação Nacional de Atividade Econômica) é a Tronipay Soluções em Pagamentos e Cartão Ltda que é registrada como administradora de cartões de crédito, todas as outras não possuem CNAEs e não são ligadas, apesar dos nomes, ao mercado de investimento.

Por fim já no meado de 2020 o casal fundou a Skin-Care Instituto Multidisciplinar de Estética e Saúde Ltda, uma clínica de estética também na cidade de Cabo Frio.

Os contratos

As empresas angariavam clientes, através de seus consultores, com a promessa de lucros de 10% ao mês.

Exatamente aí começa o problema. Ocorre que ao aderir aos serviços da GAS, a pessoa poderia trazer novos investidores para empresa sendo beneficiado com uma porcentagem em cima do valor que esse novo cliente investiria na empresa e assim sucessivamente caracterizando o primeiro indício de pirâmide financeira.

Mas para trazer certa “segurança jurídica” o investimento era firmado através de contrato e levado a cartório para registro.

Vale ressaltar que operar dinheiro para terceiros sem autorização da CVM é crime, e devemos acrescentar também que criptomoedas não tem legislação específica no Brasil, como são conhecidas são moedas descentralizadas, nenhum país no mundo as emite ou tem poder sobre elas, logo, qualquer contrato registrado em cartório é NULO ou ANULÁVEL, uma vez que não há lei que regulamente os criptoativos no país. Além disso no Direito Tributário, há uma máxima onde se diz que se a lei não autoriza espessamente, automaticamente é proibido.

Além de tudo isso é importante frisar que criptomoedas são ativos extremamente voláteis, não sendo possível garantir renda fixa. É possível conseguir 10% ao mês? Sim, perfeitamente porém criptomoedas fazem parte de um mercado de renda variável, onde em um mês você pode conseguir até mais que 10% e no mês seguinte ficar no “negativo”.

A queda do Faraó

O cerco começou a se fechar para todas as empresas ligadas a esquemas de pirâmide financeira, quando donos e sócios destas empresas começaram a sofrer atentados na cidade de Cabo Frio e em outras cidades vizinhas.

As investigações policiais já corriam sob o foco de fraude financeira, mas quando os atentados começaram a ocorrer, também chamou a atenção da imprensa, chegando até o programa Fantástico, onde por dois Domingos consecutivos noticiou os esquemas fraudulentos e os atentados contra a vida dos envolvidos.

Com o olhar atento de todos, agora a polícia acelerou as investigações e deu início a queda do Império do Faraó, ou do popularmente conhecido garçom Glaidson Assácio do Santos.

Glaidson , foi preso nesta manhã de quarta-feira (25), em uma de suas mansões em Itanhangá, na Zona Oeste do Rio na Operação Kryptos da Polícia Federal.

A força tarefa encontrou dentro da mansão uma alta quantia em Reais, Dólares e Euros em espécie, além de barras de ouro. A quantia não foi revelada, mas era tão alta que deixou os agentes surpresos e um deles ainda afirmou “Nem na Lava-jato”.

Os agentes ainda cumpriram mais 8 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Ceará e Distrito Federal.

Dentre esses mandados de prisão os agentes conseguiram chegar a tempo de prender um homem ligado ao esquema fraudulento que já se encontrava no aeroporto de Guarulhos tentando fugir para Punta Cana, na República Dominicana.

Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Federal Criminal do Rio. Também fazem parte da força-tarefa o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPF) e a Procuradoria de Fazenda Nacional.

One thought on “O fim do reinado de Faraó – PF prende Glaidson Acássio dos Santos, dono da maior pirâmide financeira de Cabo Frio – RJ

  • 25/08/2021 em 16:47
    Permalink

    Na realidade vc encontra quem roube a azeitona de sua empada, encontrar que adicione uma azeitona é difícil.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.