Depois de chegar à máxima histórica, XinFin (XDC) pode subir quase 10.000% até 2025, diz analista brasileiro

Por: Rafael Chinaglia

Diego Consimo, Analista e fundador da Crypto Investidor, explica que a XinFin (XDC) vai buscar entre 5 a 14 dólares, considerando US$ 5,00 um preço conservador e US$ 14,00, caso o Bitcoin (BTC) consiga romper os US$ 100.000 e caso o ciclo de alta vá até junho de 2022. O aumento total pode chegar 10.000% até 2025

A XinFin (XDC) é uma solução de blockchain híbrida que tem ganhado destaque nas últimas semanas no mercado de criptomoedas. 

Projetado para otimizar o comércio e as finanças internacionais, o protocolo XDC deve subir bastante e “buscar de 5 a 14 dólares até o final desse ciclo de alta do Bitcoin, considerando US$ 5,00 como um preço conservador e os US$ 14,00 caso o Bitcoin (BTC) consiga romper os US$ 100.000 e considerando que o ciclo de alta vá até junho de 2022”. 

A afirmação é de Diego Consimo, Analista e fundador da Crypto Investidor. Ele diz que o aumento total pode chegar a 10.000% até 2025. E explica:

“Xinfin está sendo pioneira em trade finance, já possui a parceria do consórcio R3 Corda e acabou de fechar sua 2ª parceria com a TFD Initiative que movimentam em torno de 19 trilhões de dólares em trade finance. Além disso, tem outros projetos envolvendo o setor financeiro que devem ser anunciados em breve”

O protocolo XDC vem ganhando força na adoção corporativa e que a XinFin (XDC) atingiu um novo topo histórico após novas parcerias e listagens em grandes exchanges como a KUCOIN e integrações de protocolo.

Dados do Cointelegraph Markets Pro e TradingView mostram que, depois de atingir uma mínima de US$ 0,0673 em 20 de julho, o preço do XDC subiu 190% para estabelecer uma nova máxima de US$ 0,1952 em 21 de agosto.

XDC/USDT no gráfico de 4 horas. Fonte: TradingView

As três razões apontadas para o ímpeto crescente por trás do XinFin são a adição da Rede XDC à Iniciativa TFD global, o lançamento da solução de e-mail descentralizada LedgerMail e um ecossistema crescente de parceiros e listagens em bolsas.

Diego Consimo, que também investe na XDC, disse que um dos grandes diferenciais da XinFin é que ela tem uma blockchain híbrida, com uma parte pública e uma parte privada. Ou seja, informações que forem transmitidas utilizando a blockchain privada, vão pertencer à empresa que estiver rodando aquelas informações. Diego diz que isso é fundamental:

“Isso é importante porque nem todas as informações podem ficar de forma pública como a maioria das blockchains se propõe, por causa, principalmente, de compliance. Então, ela tem duas blockchains em uma. As informações que as empresas querem manter de maneira sigilosa, podem ser mantidas em uma rede privada. As demais informações, podem ficar na rede pública.”

A blockchain da XinFin funciona através de Proof-of-stake. Diego explica como ocorre:

“Ocorre através de master nodes. Se por acaso, algum dos master nodes que estão mantendo a rede funcionando forem vítimas de alguma informação maliciosa ou tentativa de ataque, o próprio ecossistema vai isolar esse master node para não contaminar o restante. É uma das redes mais seguras atualmente no mercado.”

Outra característica apontada como diferencial é a velocidade de confirmação das transações que gira entre um e dois segundos, praticamente em tempo real.

Além disso, o custo de uma transação dentro da rede é baixo: $0.00000302434082

“Ou seja, teria que fazer umas 1.000 transações para bater um centavo de dólar de custo de uma transação. Portanto, o custo é extremamente baixo. É por isso que ela está sendo escolhida por grandes bancos e outras empresas financeiras”, finaliza Diego.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.