Shiba Inu dispara com negociações na Coinbase sendo habilitadas

Por: Gustavo Bertolucci

O preço da Shiba Inu disparou nesta sexta-feira (17), após a Coinbase abrir negociações da moeda rival da Dogecoin.

Há alguns meses, as chamadas criptomoedas de cachorros (DogCoins) ganharam popularidade entre alguns investidores do mercado. Esse movimento de fato foi impulsionado pela maior delas, a Dogecoin, que é a criptomoeda meme preferida de Elon Musk.

Após o bilionário falar da moeda publicamente, outras criptomoedas surgiram no setor, sendo a Shiba Inu talvez a mais famosa. Isso porque, a moeda acabou sendo envolvida em uma polêmica com o criador do Ethereum, Vitalik Buterin, que vendeu milhões dela no mercado, após ganhar de presente da comunidade.

Essa situação acabou causando uma extrema desvalorização no preço da Shiba Inu, que era apontada por alguns como a nova Dogecoin. Mas a listagem na Coinbase acabou sendo uma surpresa.

Após anúncio de listagem, negociações da Shiba Inu na
Coinbase fazem disparar preço da moeda meme

A Coinbase, maior corretora de Bitcoin dos Estados Unidos, anunciou a listagem do token Shiba Inu na última quinta-feira (16). Esse movimento era esperado pelos usuários, após a Binance.US começar a dar suporte ao token no início da semana.

Em um anúncio de listagem da moeda meme, a Coinbase brincou com a comunidade.

“Senhoras, se ele: – late muito; – Ama a coleira dele; – Lidera um exército; – Ele não é seu homem. Ele é o SHIB, o token mais novo no Coinbase.”

Com a listagem da maior corretora dos EUA, o preço da SHIB acabou disparando nas últimas 24 horas, com uma valorização de 25% em relação ao Dólar.

Em relação ao Ethereum, que é a rede onde o token funciona, a Shiba Inu valorizou 33% no período.

A moeda é chamada por alguns de a próxima Dogecoin, e agora é listada nas maiores corretoras do mercado. Apesar disso, pessoas como Vitalik Buterin e Elon Musk, fãs da DOGE, não gostam do token.

Vale lembrar que a divisão profissional da Coinbase já havia listado a Shina Inu no início de setembro para que traders pudessem negociar a moeda. Na ocasião, o preço também havia valorizado bastante com o movimento.

Na Coinbase, apenas moradores dos Estados Unidos conseguem negociar. Listada na bolsa de valores, a corretora é conhecida por impulsionar o preço de criptomoedas quando realiza suas listagens, o que acabou acontecendo com a moeda de cachorro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.