Bull Market de 2022 vai alcançar níveis inimagináveis prevê analista indicando 6 criptomoedas que podem subir mais de 200%

Analistas acreditam que 2022 será o ultimo ano de um mercado de alta para o Bitcoin porém aponta que neste Bull Market as altcoins vão novamente roubar a cena e subir muito mais que o BTC

Embora o Bitcoin (BTC) venha ganhando cada vez mais terreno como um produto de investimento institucional sendo apontado como o novo ouro digital e a principal reserva de valor para a nova economia, os analistas tem observado que as altcoins tem muito mais potencial de retorno financeiro para os investidores de criptomoedas.

Um destes analistas é conhecido como Guy e que é apresentador do popular canal de criptoativos Coin Bureau, que acredita que o ano de 2022 será o ultimo ano de alta para as criptomoedas e que esse Bull Market deste ano levará os criptoativos a atingir níveis inimagináveis, contudo, depois disso, em 2023 será um ano de forte correção no mercado.

Quem também concorda com Guy é o trader conhecido como Josh Rager que, além de acreditar em um ano de de alta histórica para o mercado de criptoativos ainda pontua 6 criptomoeda que ele acredita vão liderar o mercado no ano e podem subir já no primeiro mês de 2022.

O portfólio de criptomoedas do analista é composto por Cosmos (ATOM), Avalanche (AVAX), Near, bem como a rede blockchain Skale (SKL) e a blockchain focada na privacidade Dusk. Na lista do analista também está a Frax Share (FXS) e o Curve (CRV) , o token de governança do Curve Finance.

Olhando para ATOM, Rager acredita que a altcoin está pronto para executar novos recordes depois de romper sua resistência imediata em US$ 32.

“ATOM. Uma questão de tempo até novas máximas … Fique de olho no ATOM dependendo da ação do preço do Bitcoin aqui. Um dos ativos mais fortes do mercado agora. Esperando uma reação muito forte quando o Bitcoin salta“, disse.

Analista da Coinbase faz suas indicações

Surojit Chatterjee, analista e diretor de produto da Coinbase, uma das maiores exchanges de criptomoedas do mercado, disse que os concorrentes da Ethereum (ETH) , Avalanche (AVAX) e Solana (SOL), devem apresentar altas significativas este ano e que novas soluções de camada 1 (L1) surgirão.

“À medida que damos as boas-vindas aos próximos cem milhões de usuários de criptomoedas e Web3, os desafios de escalabilidade para ETH provavelmente crescerão … A tração de Solana, Avalanche e outras cadeias da camada 1 mostra que viveremos em um mundo com várias cadeias no futuro. Também veremos novas cadeias L1 surgirem com foco em casos de uso específicos, como jogos ou mídia social”, disse.

Chatterjee também acredita que os protocolos de finanças descentralizadas (DeFi) começarão a adotar regulamentações e que grandes instituições começarão a desempenhar um papel maior no DeFi por causa disso. 

Ele diz que as plataformas DeFi que aceitam as regulamentações junto com os padrões de verificação de KYC atrairiam investidores de primeira linha hesitantes.

“[As instituições] ainda hesitam em participar do DeFi. As instituições desejam confirmar que estão apenas negociando com contrapartes conhecidas que concluíram um processo KYC. O crescimento do DeFi regulamentado e do atestado KYC na rede ajudará as instituições a ganhar confiança no DeFi”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.