Google contrata novo executivo para se expandir no mundo das criptomoedas

A Google, subsidiária da Alphabet Inc., contratou o ex-vice-presidente sênior e arquiteto-chefe de produtos do PayPal, Arnold Goldberg, para liderar sua divisão de pagamentos, de acordo com um relatório da Bloomberg. Este é um importante passo para a bigtech se integrar ao mercado de criptomoedas.

Apenas três meses depois de abandonar uma estratégia para permitir que os usuários do Google Pay criem contas correntes e de poupança por meio de seu serviço Plex, a gigante Big Tech se aprofundará em outros serviços financeiros – incluindo cartões de débito de criptomoedas.

“Cripto é algo em que prestamos muita atenção”, disse o presidente de comércio do Google, Bill Ready, à Bloomberg . “À medida que a demanda do usuário e a demanda do comerciante evoluem, evoluiremos com ela.”

O Google Pay, a carteira digital da empresa para compras on-line, já deu alguns passos preliminares no setor das criptomoedas. Em março de 2020, o Google Pay adicionou integração para o Coinbase Card, um cartão de débito Visa que permite pagamentos em bitcoin. 

Os usuários do Google Pay podem incluir os detalhes do cartão em seus telefones Android e começar a comprar coisas em BTC. O cartão Coinbase também se integra ao Apple Pay.

Em agosto de 2021, meses após a integração com o Apple Pay, os BitPay Mastercards também chegaram ao Google Pay. 

E em outubro de 2021, a Bakkt anunciou que os titulares de seu cartão de débito poderiam usá-lo em conjunto com o Google Pay para comprar bens e serviços com bitcoin. O serviço essencialmente forneceu uma maneira de as pessoas trocarem seu BTC por USD no ponto de venda.

Mas o Google fica atrás do Apple Pay graças, em parte, ao domínio da Apple no mercado de smartphones dos EUA e seu foco no desenvolvimento de aplicativos.

E é aí que Goldberg pode ajudar. No final de 2020, enquanto Goldberg ainda estava na empresa, o PayPal anunciou que os clientes poderiam comprar criptomoedas como bitcoin e ether em sua plataforma. 

A empresa de serviços de pagamento aumentou constantemente suas ofertas ao longo de 2021, com o lançamento de pagamentos para comerciantes e integração com seu aplicativo Venmo.

Embora Ready tenha dito à Bloomberg que o Google ainda não está pronto para transações de criptomoedas, está claro que isso faz parte da estratégia daqui para frente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.