“Indistinguível da realidade”: pesquisador alerta os perigos do metaverso

O metaverso

Um mundo virtual, tridimensional e imersivo, que conecta inúmeros espaços digitais – deu um passo para mais perto da realidade quando Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, fez disso uma de suas principais prioridades.

Enquanto alguns críticos são céticos sobre o quão revolucionário o metaverso pode de fato ser, o Dr. David Reid – Professor de IA e Computação Espacial da Liverpool Hope University – está convencido de que isso mudará todas as nossas vidas imensamente, da mesma forma que a Internet mudou.

No entanto, ele também sugere que, além de fornecer benefícios significativos, também apresenta ‘perigos terríveis’. E ele está pedindo que conversas urgentes comecem sobre como proteger os usuários do metaverso – antes que a tecnologia se torne realidade nos próximos cinco a dez anos.

“O objetivo do metaverso não é apenas a realidade virtual ou a realidade aumentada, mas a realidade mista. Trata-se de misturar o mundo digital e o real. Eventualmente, essa mistura pode ser tão boa e tão difundida que o virtual e o real se tornam indistinguíveis.” – Adverte o Dr. David Reid.

O professor Reid, do Departamento de Matemática, Ciência da Computação e Engenharia, argumenta que “o metaverso tem enormes implicações – mas ele vem com vantagens fantásticas e perigos aterrorizantes”.

“E precisamos de um sistema altamente robusto para policiar o metaverso. Estamos claramente nos estágios iniciais, mas precisamos começar a falar sobre esses problemas agora, antes de seguirmos um caminho do qual não podemos reverter. É crucial para o futuro”, afirmou ele ao jornal Techxplore;

De acordo com o professor Reid, os riscos apresentados pelo metaverso se concentram no controle geral e na coleta e proteção de dados.

“As pessoas têm falado sobre como a ascensão da Inteligência Artificial (IA) mudará significativamente a sociedade e tudo o que fazemos. E isso é verdade. Mas o metaverso é pelo menos tão grande, senão maior, do que a ascensão da IA.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.