GALA lança serviço de streaming e NFT voltado para música – GALA MUSIC

A Gala Games, uma das principais produtoras de jogos de metaverso, anunciou uma expansão de um serviço de streaming e NFT focado em música chamado Gala Music.

De acordo com a empresa, a ideia é que o Gala Music seja uma espécie de Spotfy, só que com a tecnologia blockchain. Como primeiro parceiro do projeto, a Gala Games anunciou recentemente o astro do Hip-Hop Snoop Dogg.

Ainda não é possível imaginar como o sistema vai funcionar. Afinal, o streaming de música NFT ainda é um conceito bastante novo.

Conforme anunciou a Gala Games, Gala Music não será um serviço centralizado como Spotify. Contudo, terá servidores distribuídos por meio de um sistema chamado Gala Music Nodes.

Neste sistema, os nodes funcionarão como nós no ecossistema Gala Music, servindo streaming de música no processo. Assim, serão eles os responsáveis por transmitir as músicas em NFTs.

Para começar, os proprietários de nós devem ter seus próprios NFTs para transmitir. Mas no futuro haverá uma opção para os streamers oferecerem seu nó para uso dos detentores de NFT com participação nos lucros.

Gala Music

As vendas para Gala Music Players Nodes começaram em 11 de fevereiro e os Player Music Nodes custam US$ 1.200 em token GALA.

Ao contrário de NFTs ou demais itens do ecossistema de criptomoedas, os nós não podem ser vendidos ou transferidos após comprados. Além disso, não há limite para o número de Player Nodes disponíveis.

Possuir um Gala Music Node também abre a possibilidade de receber faixas NFT gratuitas de novos lançamentos. O último e-mail da Gala Music diz que os Player Nodes só terão esse preço por um tempo limitado.

Além dos Player Nodes padrão, haverá Fan Nodes de edição especial e limitada. Os Fan Nodes se concentram em um artista ou gravadora específico e fornecem recompensas exclusivas, lista de permissões, entre outros.

Embora a empresa não tenha divulgado o white paper da Gala Music ou do token que será a recompensa dos nodes, eles revelaram que para cada faixa tocada o sistema cunha US$ 0,10 em Gala Music Token.

Este token recém-cunhado é distribuído da seguinte forma: 45% para todos os proprietários da faixa (divididos uniformemente); 10% para todos os nós na rede (também divididos uniformemente); e 5% para o nó específico que reproduz a faixa.

Enquanto isso, os 50% restantes vão para o artista. Cada nó contém apenas uma instância de cada trilha, portanto, acumular trilhas oferece poucos benefícios.

Ainda não foram fornecidos detalhes sobre quando o serviço de streaming será lançado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.