PlanB renova previsão de Bitcoin a US$ 100 mil e estipula nova data

O famoso analista PlanB está de volta com mais uma previsão. Por meio de sua conta no Twitter, o analista reforçou que o Bitcoin (BTC) atingirá US$ 100 mil. Dessa vez, contudo, o analista projetou uma nova data: 2023.

Cerca de um ano atrás, PlanB afirmou que o BTC chegaria aos seis dígitos neste ano. Agora, a previsão foi adiada em mais de um ano. Para estimar o novo prazo, PlanB voltou a utilizar o modelo stock-to-flow (S2F) como referência.

No entanto, o histórico do analista é bastante errático. De fato, PlanB acertou várias previsões mensais ao longo de 2021. Mas o número almejado não chegou, o que lançou um pouco de descrédito a respeito do modelo.

US$ 100 mil em 2023

De acordo com PlanB, tanto o S2F quanto a regressão logarítmica do modelo estão em linha com a evolução no preço do BTC. Nesse sentido, a nova projeção avalia que o BTC atingirá os US$ 100 mil em algum momento entre 2023 e 2024.

Curiosamente, o período corresponde aos anos pré-halving, o próximo corte na recompensa do BTC. O próximo halving reduzirá a emissão para 3,125 BTC por bloco.

Além disso, PlanB comparou o S2F do BTC com outros ativos como o ouro, cujo S2F fica em torno de 60 e valor de mercado em US$ 10 trilhões e imóveis. Enquanto isso, o S2F do BTC é de 100, mas o seu valor de mercado atual é dez vezes menor que o ouro.

O S2F é um modelo que utiliza a oferta total de um ativo em comparação com a quantidade de novas unidades emitidas. Quanto maior é o S2F, menor é o impacto das novas unidades sobre o valor total. Assim, o ativo tende a ficar mais escasso e, consequentemente, mais valioso

“Realmente me surpreenderia se o Bitcoin terá um valor de mercado menor do que o ouro após o próximo halving, quando o S2F do BTC estiver acima de 100”, disse o analista.

Entre acertos e erros

O modelo S2F começou a ganhar muita tração no mercado de BTC justamente com a popularidade de PlanB.  No entanto, a ideia geral do modelo era de que o BTC chegaria aos US$ 100 mil até dezembro de 2021.

Obviamente isso não aconteceu, o que aumentou as críticas ao modelo. De fato, muitos investidores passaram a abandonar o modelo em suas análises.

Por causa da repercussão negativa, PlanB resolveu criar outro modelo, que ele chamou de “modelo de piso” ou “modelo de pior cenário”, que apresenta alta precisão por vários meses seguidos. Durante vários meses em 2021, o preço da criptomoeda fechou em níveis bastante precisos em relação às análises.

Mas este modelo também previa que o BTC atingiria US$ 98 mil em novembro e US$ 135 mil em dezembro de 2021. Esses modelos também falharam, o que lançou mais dúvidas sobre a acurácia de PlanB.

Esses insucessos não intimidaram o analista, que permanece firme na previsão de seis dígitos. Agora será preciso esperar pelo menos mais um ano para conferir se PlanB acertará.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.