Este é o fim do dólar americano, afirma bilionário Jim Rogers

Jim Rogers, bilionário co-fundador da Quantum Fund ao lado de George Soros, afirmou que a atual política monetária praticada pelo Banco Central Americano está marcando “o fim do dólar americano”.

O investidor afirmou que “uma moeda internacional deveria ser neutra, mas em Washington, agora eles estão mudando as regras”.

“Washington não joga mais limpo” – afirmou Jim.

O renomado investidor Jim Rogers discutiu sobre o fim do dólar americano e as perspectivas futuras para as criptomoedas em uma entrevista publicada pelo Economic Times no domingo. 

O executivo foi questionado sobre as perspectivas para o dólar americano e para onde ele vê o índice do dólar. 

“Eu possuo dólares americanos em parte porque quando a turbulência vem, as pessoas procuram um porto seguro. Eles acham que o dólar americano é um porto seguro por razões históricas.

Então, muitos países estão começando a procurar um concorrente – China ou Rússia ou Índia, Irã, Brasil… alguns países estão começando a procurar uma moeda concorrente, e deveriam porque Washington não joga mais limpo”, continuou.

Desde que a Rússia iniciou a invasão da Ucrânia, os Estados Unidos, bem como um número crescente de outros governos, vêm impondo sanções ao país eurasiano.

A Rússia tem cerca de 16% de suas reservas em dólares americanos e 32% em euros. Como o investidor bilionário Bill Miller descreveu recentemente: 

“Eles têm quase 50% de suas reservas em moedas que são controladas por pessoas que querem prejudicá-los”.

Rogers acrescentou:

“Claro, os EUA são a maior nação devedora do mundo. Assim, por razões fundamentais e políticas, as pessoas procuram uma moeda concorrente.

Mas o que está acontecendo com o dólar americano agora é o fim do dólar, porque uma moeda internacional deveria ser neutra, mas em Washington, eles estão mudando as regras.

Agora, se Washington não gosta de você, eles colocam sanções sobre você e você não pode usar dólares americanos”.

Ainda não sei o que vai ser. Espero ser inteligente o suficiente para comprá-lo quando você encontrá-lo. Eu não gosto de dizer isso. Sou americano, mas não gosto de ver o que estão fazendo com o dólar americano”, afirmou.

Rogers também foi perguntado: “As criptomoedas podem ser uma alternativa ao índice do dólar americano?” 

“Bem, pode ser. Muitas pessoas ganharam muito dinheiro negociando criptomoedas. Sei que todos os países do mundo estão trabalhando com dinheiro de computador agora, incluindo os EUA”, ressaltou. 

Em relação ao mercado de criptomoedas, ele observou que os “governos gostam de controle” e de monopólios, e que podem eventualmente tentar controlar o setor.

“Eu não gosto disso, mas é assim que os governos são, e eu apenas suspeito que eles irão tributá-lo ou regulá-lo ou bani-lo ou algo assim porque eles não querem perder o controle.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.