Cardano em alta. O que esperar para a concorrente do Ethereum?

Cardano em alta. O que esperar para a concorrente do Ethereum?

 

Sem dúvidas, os últimos meses foram difíceis para os detentores da Cardano. Afinal, desde setembro a altcoin vem passando por severas correções. 

Só para exemplificar, o blockchain proof of staking conta com uma queda de mais de 63% desde a alta histórica de US$3.10. 

No entanto, a última quinta-feira (24) registrou uma alta surpreendente para o token ADA.

O crescimento veio logo após o anúncio do lançamento de staking da Cardano na Coinbase. 

Como resultado de uma alta de 36% nos últimos sete dias, a altcoin conseguiu ultrapassar as demais plataformas de contratos inteligentes. 

Sendo assim, voltou a ser a principal concorrente do Ethereum por capitalização de mercado. 

No momento da escrita do artigo, a Cardano está sendo negociada a US$1,12. 

De acordo com os dados da CoinDesk, a ADA não vê esse valor de negociação desde 16 de fevereiro. 

Quais outros fatores podem ter influenciado a alta da Cardano?

Segundo Ben McMillan, CIO da IDX Digital Assets, os desenvolvimentos on-chain também contribuíram para o recente aumento da ADA. 

Cardano tem observado um crescimento de projetos em sua rede.  

Ademais, a altcoin possui a maior alocação no novo ‘Smart Contract Platform Ex-Ethereum Fund’ da Grayscale. 

Em suma, o fundo se concentrará em ativos digitais vinculados a plataformas blockchain, além do Ethereum, que alavancam contratos inteligentes.

Todavia, McMillan enxerga que não há tanto otimismo assim para o preço da altcoin que começou 2022 sendo negociada a US$1,50.

O empresário apontou que o ADA deve manter o nível psicológico de U$1 para que consiga, de fato, entrar em um mercado de touros. 

Mas ainda há críticas sobre o potencial da altcoin 

“Há sempre a questão sobre os casos de uso disponíveis na Rede Cardano – afinal, tem sido lento para implementar o utilitário de contrato inteligente, portanto, há muitas dúvidas sobre se ela pode acompanhar concorrentes como Solana, Avalanche e Terra”, observou Mark Elenowitz, cofundador da Upstream.

Barreiras que o preço da ADA precisa vencer

“Cardano está fazendo um fundo de longo prazo semelhante ao que fez em janeiro de 2021. Se Cardano se mantiver acima de um suporte em 1,03, a ADA poderá viajar facilmente para o próximo ponto de resistência em 1,17”, afirmou William Noble, analista técnico-chefe da plataforma de pesquisa Token Metrics. 

Noble acredita que o próximo objetivo do ativo digital é chegar a US$1,45. 

“Os maximalistas precisariam ver a ADA acima desse nível para discutir uma meta de alta acima de US$3”. 

Para uma possível correção de mercado está a análise de Ben Armstrong, fundador da BitBoy Crypto. 

Armstrong apontou que se a barreira psicológica de U$1 não for vencida, a ADA pode voltar para a marca de US$0,93. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.