Rússia diz estar aberta a negociar gás natural por Bitcoin, criptomoeda dispara

Rússia diz estar aberta a negociar gás natural por Bitcoin, criptomoeda dispara

Pavel Zavalny, deputado Presidente do Comitê de Energia da Rússia, afirmou nesta quinta-feira (24) que o país está aberto para aceitar Bitcoin em negociações de gás com outros países. Sua fala acontece com o país enfrentando fortes sanções internacionais.

Previamente, em outubro de 2021, o presidente russo Vladimir Putin havia afirmado ser muito cedo para falar sobre o comércio de petróleo com criptomoedas. Contudo, a situação atual após a invasão à Ucrânia pode ter acelerado este processo.

Logo após a fala de Zavalny, o Bitcoin reagiu positivamente com uma alta de cerca de 4%. No momento desta redação, seu preço está acima dos 44.000 dólares, valor que não era visto desde o início deste mês.

Rússia está aberta para trocas com Bitcoin

Em conferência de imprensa nesta quinta-feira (24), o deputado e Presidente do Comitê de Energia da Rússia, Pavel Zavalny, afirmou que a Rússia está pronta para negociar recursos naturais por Bitcoin, caso outro país tenha interesse.

Sua fala acontece como resposta às sanções impostas pelos EUA e diversos outros países. Como destaque, a União Européia está buscando independência da Rússia no fornecimento de gás natural.

“Quando se trata de nossos países ‘amigáveis’, como China ou Turquia, que não nos pressionam, há algum tempo lhes oferecemos a troca de pagamentos para moedas nacionais, como rublos e yuans. Com a Turquia, em lira e rublos.”, afirmou Pavel Zavalny, deputado russo.

“Portanto, pode haver uma variedade de moedas, e essa é uma prática padrão. Se eles querem usar bitcoin, negociaremos com bitcoin.”

Sua fala, traduzida para o inglês pela Bitcoin Magazine, só deixa uma dúvida: quais seriam os outros países dispostos a comprar gás natural da Rússia usando bitcoin?

Entretanto, esta abertura da Rússia é um passo gigantesco para o Bitcoin que em breve poderá usado pela primeira vez por países como uma moeda incensurável, confiável, com rápido tempo de confirmação e altamente líquido.

Bitcoin reage e volta acima dos 44.000 dólares

Com a notícia da Rússia disposta a aceitar Bitcoin em transações com outros países, o preço da criptomoeda disparou cerca de 4% na tarde desta quinta-feira (24).

Voltando a ser negociado acima dos 44.000 dólares, valor não visto desde 3 de março, seu preço reflete o sentimento do mercado, animado com a notícia apesar da circunstância por trás dela, a guerra.

Por fim, a queda do rublo russo é outro motivo de pânico para a Rússia. Portanto, é válido lembrar que o Bitcoin, cotado a cerca de 5 milhões de RUB, também pode ser usado por pessoas comuns que queiram buscar proteção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.