Camisaria Colombo aceita pagamentos com criptomoeda em mais de 100 lojas

A Camisaria Colombo entrou para o universo das criptomoedas e as mais de 100 lojas da marca já contam com essa opção entre as formas de pagamento aceitas.

Com a novidade, os clientes assinantes do clube de vantagens Clube Colombo poderão receber, usar e/ou transferir as moedas digitais através da função CriptoPix, função similar ao PIX.

A marca, tradicional no mercado de vestuário masculino, entrou para o universo blockchain em parceria com a startup C9, que desenvolveu a C9 Coin, primeira criptomoeda para uso no varejo e com função similar ao PIX. A Colombo oferece agora a venda do token no balcão e a opção de pagamento com criptomoedas para os assinantes.

O objetivo é democratizar o acesso dos clientes às criptomoedas e desmistificar os tabus em torno do assunto através do uso descomplicado e sem burocracias. Por isso, os clientes que aderirem ao clube de vantagens poderão receber, usar ou transferir as moedas digitais através da função CriptoPix.

A novidade funciona como um programa de milhagens tokenizado para aumentar o poder de compra dos consumidores.

A moeda digital C9 Coin também está sendo implantada em outros estabelecimentos e redes parceiras que buscam inovação disruptiva em programas de fidelidade e clubes de vantagem. 

Cresce opções de pagamentos com criptomoedas

As empresas já estão de olho no mercado cripto, que, apesar de ainda não estar regulado, é bem lucrativo.

O Mercado Bitcoin por exemplo já permite a compra de carros com criptomoedas. Uma parceria entre a exchange brasileira e a concessionária digital NetCarros já disponibiliza para os clientes a opção de pagamento com criptoativos.

Os pagamentos podem ser feitos com todas as moedas listadas pelo Mercado Bitcoin, incluindo Bitcoin e Ethereum. Ainda será possível definir a porcentagem da transação a ser paga com criptomoedas, permitindo que o cliente pegue 100% do valor em cripto ou uma parcela em fiat.

Quase um quarto das pequenas empresas de nove países disseram ter planos de aceitar moedas digitais como pagamento em 2022, de acordo com uma pesquisa da Visa. A companhia financeira entrevistou 2.250 proprietários de pequenas empresas em nove países, incluindo Estados Unidos, Brasil, Cingapura, Canadá, Alemanha, Irlanda e Rússia.

De acordo com os resultados da pesquisa, parece que as pequenas empresas fora da América do Norte parecem estar mais interessadas em aceitar moedas digitais como pagamento. Nos Estados Unidos, 19% das pequenas empresas esperam oferecer criptomoedas como opção de pagamento este ano, enquanto no Canadá esse número diminui para apenas 8%.

No entanto, a Visa descobriu que esse número saltou para mais de 30% nos Emirados Árabes Unidos, Hong Kong, Cingapura e Brasil. As moedas digitais já se mostraram populares em cada uma dessas jurisdições ao longo do ano passado, apesar dos vários graus de regulamentação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.